- abrigo

«se queres um escudo impenetrável, permanece dentro de ti mesmo»

Thursday, June 4, 2015

Olha por mim.



Ya, a minha vida tem andado uma grande confusão e eu não sei bem como lidar com isso. Sei que devia falar, escrever, chorar e reagir ao assunto mas é tão mais fácil fazer tudo para esquecer. Portugal fica tão longe daqui. Nunca fomos muito chegados não é, mas apesar de tudo eras meu avô e eu tenho boas memórias contigo. As viagens de tractor para a Fonte Santa, os dias da apanha do Morango, as vezes que fomos ao mercado à Benedita. Quando me fui despedir de ti antes de vir disseste que nunca mais me vias, não pensei que fosse verdade, Pelos vistos foi, pelos vistos sabias que assim seria. Os que morrem não sofrem, os que ficam guardam sempre uma dor, e o que me dói é não ter estado lá para os meus pais, para os meus tios e a minha avó. Não podia ir a Portugal fosse como fosse, mas não ter papeis fez-me sentir prisioneira neste país. Quando me levantei para ir trabalhar e ouvi o telefone tocar eu soube logo, sabes pq? Pq ninguém liga ás 6 da manhã. Assim que o telefone tocou abri o meu facebook e a mensagem estava lá, a dizer que já tinhas partido. Não chorei, não reagi, já estava à espera. Foi melhor assim, parou com o teu sofrimento. Viver ligado a máquinas que te fazem respirar já não é viver. A minha mãe diz que não eras a pessoa que me lembro, que estavas tão magrinho que metia impressão, que mal falavas e comias. Hmm, não te consigo ver assim. Fui trabalhar como nada se passasse, mas qd estás sozinha as memórias passam pela cabeça. Só a Emily sabia e me abraçou qd lhe disse, mas mais tarde Virg, o meu manager, estava deserto de me picar como sempre, e eu respondi para trás. Ele perguntou o que se passava comigo e eu disse, quase a chorar, A cara dele mudou logo e disse «- You are a very strong girl. I wouldn't know, but you were sassy so I figure something was wrong.», Não faz diferença se sou forte, ele bem disse para eu vir para casa, mas a casa que eu gostava naqueçe momento ficava a 8 horas de avião. I'm very sad, I'm sorry we never had a great connection, I'm sorry. You were never that good to me and I never understood why, people say it was just your way of living. I just wanted to hug everyone. It's sad, I left one year and a half ago, and only now, because this happened and I called to check how you are doing, you said how you miss me and if I'm coming home this summer. My heart has been a mess. I'm upset because the papers are not here yet and I can't buy a ticket. I'm sick all the time and I think I'm working so hard that I can't even heal properly. There's to much pressure and I'm having a hard time managing it. I'm graduating and almost no one can attend. I miss my parents a lot, I miss my friends. I'm a mess. 
I just wanna cry for days, but I can't, I'm a strong girl.At least I have to be. 

Just rest in peace granpa Xico. 

No comments:

Post a Comment